Açoriano Oriental
Açores/Eleições
Líder regional do CDS acredita na eleição de mais deputados

O líder do CDS-PP/Açores, Artur Lima, candidato às eleições legislativas regionais, disse hoje acreditar que o partido vai aumentar o número de deputados no próximo domingo, destacando o apoio da população na campanha que hoje termina.

Líder regional do CDS acredita na eleição de mais deputados

Autor: Lusa/AO Online

“Temos um leque de propostas tão abrangente que eu julgo que os açorianos vão dar muita força ao CDS para ter mais deputados nos Açores e assim conseguir dar mais apoio aos jovens, às famílias, aos idosos e a todos”, referiu, em declarações aos jornalistas.

Nas anteriores legislativas, o CDS manteve-se como terceira força política mais votada e aumentou o seu grupo parlamentar de três para quatro deputados, tendo elegido um deputado pela ilha Terceira, um por São Jorge e dois pela compensação.

No último dia de campanha, Artur Lima, que é cabeça de lista pelos círculos eleitorais da ilha Terceira e da compensação, reuniu-se com a direção da União Regional das Instituições Particulares de Solidariedade Social dos Açores (URIPSSA), na Praia da Vitória, acompanhado pelo líder nacional do partido, Francisco Rodrigues dos Santos.

À saída, defendeu que o Governo Regional deve atribuir apoios às famílias que pretendam manter os idosos em casa, “na exata medida em que comparticipa” instituições de solidariedade social.

“É uma proposta muito interessante, humana, e que consegue dar conforto aos nossos idosos e às nossas famílias, para haver uma transição intergeracional de avós, pais e netos”, apontou.

O candidato centrista fez um “balanço muito positivo” da campanha eleitoral, sublinhando ter sido “muito bem recebido nas ruas”.

“Temos muito boas propostas para a educação, para a saúde, para a solidariedade social, para as pessoas. Espero que os açorianos nos deem força para podermos implementá-las”, frisou.

Em tempo de pandemia, sem comícios e grandes ajuntamentos, Artur Lima disse que não faltou contacto de proximidade nesta campanha, ainda que com medidas de segurança.

“Eu até acho que houve um contacto mais próximo com as pessoas. Fomos muito bem recebidos. Tomámos obviamente todas as precauções, as pessoas também. Foi uma campanha que achei muito interessante ao nível da proximidade”, salientou.

Alonso Miguel, secretário-geral do CDS/Açores e número dois pelo círculo eleitoral da Terceira, apelou ao reforço do voto naquela ilha, alegando que um segundo deputado centrista “fará muito mais a diferença”.

“O CDS foi de longe o partido que mais defendeu a Terceira nos últimos quatro anos no parlamento regional e foi o partido que mais trabalho e mais propostas apresentou para desenvolver a Terceira e para melhorar a qualidade de vida dos terceirenses”, reiterou.

As legislativas dos Açores decorrem este domingo, com 13 forças políticas candidatas aos 57 lugares do parlamento: PS, PSD, CDS-PP, BE, CDU, PPM, Iniciativa Liberal, Livre, PAN, Chega, Aliança, MPT e PCTP/MRPP. Estão inscritos para votar 228.999 eleitores.

No arquipélago, onde o PS governa há 24 anos, existe um círculo por cada uma das nove ilhas e um círculo de compensação, que reúne os votos não aproveitados para a eleição de parlamentares nos círculos de ilha.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.