Indonésia

Levantado alerta em redor do vulcão Merapi

Levantado alerta em redor do vulcão Merapi

 

Lusa/AO online   Internacional   3 de Dez de 2010, 10:13

As autoridades indonésias levantaram esta sexta-feira, quase por completo, o alerta em torno do vulcão Merapi, que na mais violenta erupção dos últimos 100 anos provocou 320 mortos desde os finais de Outubro.
“Foi tomada esta decisão porque a actividade eruptiva continua a enfraquecer”, disse à AFP um dos vulcanólogos encarregados da vigilância dos vulcões indonésios.

As cerca de 250 mil pessoas que viviam num raio de 20 quilómetros em torno do vulcão e, desde 26 de Outubro, foram recolhidas em campos para desalojados vão poder regressar às suas aldeias.

Alguns milhares deverão, no entanto, esperar ainda mais algum tempo pois habitavam na zona mais afectada, do lado sul, onde a presença humana continua a ser proibida.

Situado no meio de uma região densamente povoada no centro da ilha de Java, o Merapi, com 2 914 metros, é o vulcão mais activo da Indonésia.

De acordo com os vulcanólogos, a erupção desde finais de Outubro foi a mais forte desde 1872, apesar da erupção de 1930 ter causado 1300 mortos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.