Afeganistão

Karzai renova apelo de reconciliação e de paz aos talibãs


 

Lusa/AO online   Internacional   10 de Set de 2010, 15:52

O Presidente afegão, Hamid Karzai, convidou de novo o chefe dos talibãs afegãos, o mullah Omar, a depor as armas e a juntar-se às negociações de paz para terminar cerca de uma década de combates no Afeganistão.
“Esperamos que o mullah Mohammad Omar Akhund se junte ao processo de paz, e pare de perpetrar atentados fratricidas e de fazer vítimas entre os homens, mulheres e crianças do Afeganistão”, adiantou.

Karzai lançou vários apelos similares aos talibãs desde 2005 e o ressurgimento da rebelião, que não tem parado de aumentar.

Mas os talibãs opuseram-se sempre até agora, recusando negociar enquanto as tropas estrangeiras, que apoiam o governo de Cabul, não tiverem deixado o país.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.