Açoriano Oriental
Mundial de Clubes
Jorge Jesus sente “grande orgulho” apesar da derrota com Liverpool

 O treinador do Flamengo, o português Jorge Jesus, confessou este sábado um “grande orgulho” na equipa brasileira, apesar da derrota por 1-0 com o Liverpool, após prolongamento, na final do Campeonato do Mundo de clubes de futebol, em Doha.

article.title

Foto: LUSA/JOSÉ COELHO
Autor: AO Online/ Lusa

“O Flamengo fez um grande jogo. Jogámos contra a melhor equipa do mundo, mas, neste jogo, não se notou que era a melhor do mundo. Com o decorrer do jogo, ficámos com a sensação de que, quem fizesse um golo, seria o vencedor. Acabámos por sofrer o golo num contra-ataque, embora estivéssemos prevenidos para isso”, afirmou o técnico luso, logo após o final do encontro.

Jesus admitiu que “houve alguma fadiga em alguns jogadores” no decorrer da partida e lembrou que a última oportunidade pertenceu precisamente ao Flamengo, através do jovem avançado Lincoln, que falhou o empate aos 119 minutos.

O treinador deixou elogios à equipa que orienta e assumiu o “grande orgulho” nos jogadores ‘rubro negros’.

“Não há nada a apontar a estes jogadores, tenho grande orgulho neles e em ter montado esta equipa. Hoje, jogámos contra o vencedor da 'Champions', a equipa que é considerada a melhor do mundo, mas, neste jogo, houve duas grandes equipas, Flamengo e Liverpool”, salientou.

O avançado brasileiro Firmino, no prolongamento, marcou hoje o golo que deu ao Liverpool o seu primeiro título mundial de clubes em futebol, ao bater na final, em Doha, o Flamengo de Jorge Jesus, por 1-0.

Depois de um nulo que persistiu nos 90 minutos, o internacional 'canarinho' conseguiu finalmente quebrar a resistência do Flamengo aos 99 minutos, marcando o único golo desta final e dando aos britânicos o seu primeiro título, depois de o terem falhado em 1981 (Flamengo) e 1984 (Independiente), na altura como Taça Intercontinental, e em 2005 (São Paulo).

O Flamengo falhou assim o seu segundo título, depois de o ter conquistado em 1981, tendo Jorge Jesus sido o primeiro português a disputar uma final de um mundial de clubes.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.