Saúde

Investigadores convertem células vivas em células produtoras de insulina


 

Lusa / AO Online   Internacional   28 de Ago de 2008, 06:13

Investigadores norte-americanos conseguiram converter células vivas normais em células capazes de produzir insulina, descoberta que pode ajudar a combater a diabetes, segundo um estudo publicado na revista “Nature”.
    Para este efeito, os investigadores utilizaram três genes de um vírus comum para transformar células exócrinas, que cobrem cerca de 95 por cento do pâncreas, em células beta, em menor número e cuja função é produzir insulina.

    As células beta são as primeiras a serem destruídas nos diabéticos de Tipo 1 ou diabetes juvenil.

    Na diabetes Tipo 1, o sistema imunitário, através de um processo auto-imune, destrói as células beta do pâncreas que, assim, deixam de produzir insulina.

    Com esta técnica, os investigadores conseguiram modificar células vivas, sem necessidade de utilizar células-mãe as quais, até à data, têm sido indispensáveis na técnica de regeneração de tecidos.

    O responsável pelo estudo, Douglas Melton, referiu que esta descoberta “abre as portas” para a manipulação de outro tipo de células humanas, como as do fígado ou da pele.

    A grande dificuldade da investigação foi identificar os genes que fazem as células beta produzir insulina, já que, ainda que cada célula contenha o código genético completo, apenas certos genes trabalham para a produção de insulina.

    Dos mais de mil genes estudados, os investigadores acabaram por concluir que apenas necessitavam de três: Ngn3, Pdx1 e AFP, os quais introduziram no organismo através de um vírus de resfriado para que chegasse ao suco gástrico, no qual se encontram as células exócrinas.

    Uma vez dentro do organismo, os investigadores descobriram que cerca de 20 por cento das células exócrinas se convertiam em células beta capazes de produzir insulina, reduzindo o nível de açúcar no sangue.

    A equipa acredita que este método possa ser mais eficaz nos diabéticos de Tipo 2, cujo organismo não é mesmo capaz de produzir insulina.

    No caso da diabetes Tipo 1 ainda é necesario descobrir a forma de evitar que o organismo “ataque” as células beta, já que qualquer célula transformada é destruída pelo sistema imunitário.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.