Após obras de beneficiação

Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia reabre ao culto


 

João Alberto Medeiros   Regional   29 de Set de 2007, 02:04

Património arquitectónico religioso da Lagoa encontra-se mais enriquecido com as obras de beneficiação de que foi alvo o templo religioso da Freguesia do Cabouco, um projecto que contou com o apoio da Câmara e do Governo


A Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia reabriu ao público, finalizadas que estão as obras de recuperação e conservação do monumento religioso.

A obra de intervenção passou pela conservação do tecto e das paredes da Capela-mor, do Altar-Mor e Tardoz, que se encontravam em estado de degradação acentuada, devido a infiltrações ocorridas nestas áreas.

As paredes estavam também a perder a qualidade natural do tipo de material com que são compostas.

O imóvel sofreu ainda obras de beneficiação, que visaram a sua valorização, como a colocação de azulejos temáticos nas paredes laterais da Capela – mor, a execução de marmorização no arco triunfal, altar-mor, colunas naves e da bacia do púlpito, a execução da balaustrada para o púlpito, a substituição do guarda vento e de algumas janelas, bem como a respectiva pintura de dois altares laterais com marmoreados e douramento e a pintura exterior e interior da designada igreja.

De acordo com a Câmara Municipal da Lagoa - que apoiou as obras em 10.000.00 euros - esta é uma intervenção que, para além de dotar o imóvel de melhores condições, contribuirá para valorizar o património religioso de grande valor histórico para o concelho.

A obra foi realizada pela Fábrica da Igreja, tendo representando um investimento global de cerca de 80000.00 euros.

Contou também com o apoio financeiro do Governo Regional dos Açores. A inauguração das obras de conservação da Igreja de Nossa Senhora da Misericórdia tiveram lugar no âmbito da realização da Festa da Nossa Senhora da
Misericórdia, que ocorre todos os anos, no mês de Setembro, na Freguesia do Cabouco.

O acto contou com a presença do Bispo de Angra do Heroísmo e das Ilhas dos Açores.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.