Religião

Igreja dá prioridade à família e acção social nos próximos anos

Igreja dá prioridade à família e acção social nos próximos anos

 

Rui Jorge Cabral   Regional   9 de Nov de 2009, 17:12

A família e a acção social são as  principais prioridades da Igreja Católica nos Açores nos próximos anos.
Estas foram as conclusões do Conselho Pastoral Diocesano, que reuniu cerca de três dezenas de pessoas em Angra do Heroísmo, no passado fim-de-semana, para fazer uma análise da actuação pastoral da Diocese nos últimos anos e para apontar as prioridades pastorais para os próximos anos.

Prioridades que vão ao encontro da recente entrevista do bispo de Angra, D. António Sousa Braga, ao Açoriano Oriental, na qual era feito um apelo a uma maior “militância” católica nos Açores e constatada a necessidade de uma melhor “formação” dos católicos. O Conselho Pastoral Diocesano é um órgão consultivo do bispo de Angra, mas as suas posições têm bastante importância, pois reflectem o sentir da Igreja no todo da Diocese, uma vez que o conselho é constituído por leigos, por representantes dos institutos de vida consagrada e dos institutos religiosos masculinos e femininos e ainda por representantes do clero de todas as ilhas.



Leia esta notícia na íntegra no jornal "Açoriano Oriental" de Terça-feira, Dia 10 de Novembro de 2009

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.