Governo dos Açores diz que secretário da Saúde “não tem agenda” por “motivos de saúde”

Governo dos Açores diz que secretário da Saúde “não tem agenda” por “motivos de saúde”

 

Lusa/AO Online   Regional   13 de Fev de 2019, 16:12

O secretário regional da Presidência para os Assuntos Parlamentares, Berto Messias, garantiu, esta quarta-feira, que o secretário regional da Saúde, Rui Luís, "não tem agenda pública" esta semana, devido a "motivos de saúde".

"O secretário regional da Saúde não tem desenvolvido agenda pública devido a um pequeno problema de saúde, mas continua a trabalhar e a acompanhar o trabalho diário dos setores que tutela", explicou o governante.

Berto Messias reagia assim às críticas feitas pelo PSD, que adiou um debate de urgência devido ao estado de saúde de Rui Luís, mas depois ouviu declarações feitas por aquele responsável na comunicação social.

Segundo o governante, o secretário regional da Saúde "foi contactado, telefonicamente, por dois jornalistas" para prestar declarações sobre situações ocorridas no Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada (tema que o PSD pretendia debater no parlamento), apesar de estar condicionado pelo seu estado de saúde.

"Esses motivos de saúde condicionaram a sua presença no parlamento dos Açores, durante a sessão plenária desta semana, devido aos exames complementares que está a fazer", insistiu o governante, adiantando que, mesmo assim, Rui Luís "entendeu prestar os esclarecimentos solicitados, para melhor informar os cidadãos e os utentes daquele hospital sobre as medidas que estão a ser tomadas".

Para o secretário regional da Presidência, "não se poderá depreender" desta situação, "qualquer tipo de atitude menos correta ou qualquer desrespeito pela Assembleia Regional ou pelo grupo parlamentar do PSD/Açores.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.