OE2010

Governo cede nas garantias do Estado mas oposição não


 

Lusa / AO online   Economia   5 de Mar de 2010, 11:14

O Governo e o PS cederam no artigo do Orçamento sobre a concessão de garantias pelo Estado, mas nem assim a oposição o aprovou e, depois de horas de discussão e acusações, foi remetida para plenário.
A confusão gerou-se já no final das votações de quinta-feira, levando a uma ‘troca de mimos’ entre a oposição e o secretário de Estado do Orçamento, mais a bancada socialista, mas não terminou e hoje de manhã, a polémica voltou a reacender-se.

Em causa está o aumento do limite máximo das garantias a conceder pelo Estado, com pelo menos três números neste artigo a gerarem grande controvérsia.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.