Governo aprova leis de segurança interna e organização criminal


 

Lusa / AO online   Nacional   27 de Set de 2007, 16:23

O Governo aprovou quinta-feira, na generalidade, as propostas de organização criminal e de segurança interna, diplomas que o executivo diz querer aprovar com o máximo de consenso no Parlamento por se tratarem de "matérias de Estado".
Em conferência de imprensa, o titular da pasta da Administração Interna, Rui Pereira, referiu que as duas propostas de lei regressarão a Conselho de Ministros "dentro de poucas semanas" para serem aprovadas em definitivo.

Só então os dois diplomas - que foram anunciados pelo primeiro-ministro, José Sócrates, em Fevereiro passado - serão enviados para a Assembleia da República para apreciação e votação.

"A demora relaciona-se com a relevância dos diplomas. Queremos que eles sejam amplamente participados, porque se tratam de matérias de Estado que devem requerer amplo consenso", justificou o ministro da Administração Interna.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.