Música

Google e carro de luxo homenageiam Freddie Mercury, que faria hoje 65 anos


 

Lusa/AO online   Internacional   5 de Set de 2011, 12:37

Para assinalar o 65º aniversário do vocalista dos Queen, Freddie Mercury, falecido em 1991, o motor de busca Google criou uma animação e uma marca de automóveis de luxo lançou um veículo em edição especial que irá hoje a leilão.
No ano em que comemora o 65.º aniversário de Freddie Mercury, o 20º aniversário da sua morte e os 40 anos da formação dos Queen, são inúmeros os projectos postos em marcha para lembrar o músico.

O motor de busca Google presta hoje homenagem a Freddie Mercury com uma animação desenvolvida ao ritmo de uma das suas canções, “Don’t Stop Me Now”.

Para ouvi-la, basta que qualquer internauta aceda à página principal do Google.

Hoje, num hotel de Londres, os amigos do cantor juntam-se no “Dear Friends of Freddie Flash and Auction”, uma festa de aniversário em honra do cantor que é também um leilão.

Na festa será revelada uma edição especial do modelo Evora S, criada em homenagem a Freddie Mercury, da marca de automóveis de luxo Lotus.

O carro será leiloado hoje, e o dinheiro angariado irá para a Mercury Phoenix, uma associação de solidariedade ligada ao VIH/SIDA criada pelo agente do cantor e pelos restantes membros dos Queen após a sua morte.

A propósito das diversas efemérides que se assinalam este ano à volta dos Queen, está a ser preparado um filme, biográfico, que contará a vida de Freddy Mercury nos momentos de maior sucesso dos Queen, nos anos 1980, incluindo a participação no Live Aid de 1985.

O projecto, protagonizado por Sacha Baron Cohen (protagonista dos filme “Borat” e “Bruno”), contará com a colaboração dos três músicos dos Queen, com o guitarrista Brian May e o baterista Roger Taylor a supervisionarem a banda sonora do filme.

Também para este ano, e ainda no âmbito da sétima arte, está programada a adaptação ao grande ecrã do musical “We Will Rock You”.

Nascido na Tanzânia e criado na Índia, Farrokh Bulsara, conhecido do grande público como Freddie Mercury, faleceu a 24 de novembro de 1991, com 45 anos, na sequência de uma pneumonia, 24 horas depois de ter tornado público que tinha SIDA.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.