GNR detém em Gaia autor de quatro crimes de violação agravada


 

Lusa / AO online   Nacional   19 de Nov de 2007, 16:27

A GNR deteve em Gaia um homem de 53 anos, fugido à justiça há seis meses, condenado a 15 anos de prisão pelo crime de quatro crimes de violação agravada, anunciou esta força de segurança.
A detenção ocorreu cerca das 14:00 de sábado na freguesia de Canidelo, na sequência de uma investigação que a GNR realizou sobre o indivíduo, com residência no Bairro do Viso, no Porto.

Segundo a GNR, sobre este homem pendia um mandato de detenção/condução, para ser levado ao Tribunal Judicial da Maia para ser notificado da pena que lhe foi aplicada, de 15 anos de prisão.

O homem estava fugido à justiça, há cerca de meio ano, mais precisamente desde a altura em que teve conhecimento da pena que lhe iria ser aplicada.

Neste período, segundo a GNR, refugiou-se em vários bairros sociais e chegou a emigrar para Espanha, em determinados períodos.

O detido, considerado “bastante agressivo”, já tinha sido anteriormente condenado por homicídio e condução ilegal, entre outros crimes.

Na sequência da detenção, encontra-se já no Estabelecimento Prisional de Custóias.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.