Luta contra a Sida

Financiamento deve quadruplicar em três anos


 

Lusa / AO online   Internacional   26 de Set de 2007, 12:59

O financiamento para a prevenção da SIDA e tratamentos da doença deve quadruplicar durante os próximos três anos para atingir os 30 mil milhões de euros, com o objectivo de travar o agravamento da pandemia, advertiu hoje a ONU.
A UNAIDS, agência das Nações Unidas que coordena a luta contra a SIDA, considerou que os cerca de 10 mil milhões esperados este ano são insuficientes para atingir o seu objectivo de “acesso universal” aos cuidados de saúde em 2010, apesar de uma mobilização mundial sem precedentes.

Há 11 anos apenas 300 milhões de dólares estavam disponíveis para combater a SIDA.

Esta informação consta num relatório redigido por ocasião da conferência internacional, que reúne hoje e quinta-feira em Berlim os doadores de todo o Mundo, tendo como objectivo recolher vários mil milhões de dólares para o Fundo Mundial de Luta Contra a Sida, tuberculose e paludismo no período 2008-2010.

Este Fundo, colocado sob a égide da ONU, assegura actualmente um terço do financiamento mundial dos tratamentos contra a sida, dois terços no caso da tuberculose e 45 por cento no que se refere ao paludismo, três doenças entre as mais mortíferas nos países em desenvolvimento.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.