FC Porto entra na Taça de Portugal com goleada em Vila Real

FC Porto entra na Taça de Portugal com goleada em Vila Real

 

Lusa/Ao online   Futebol   20 de Out de 2018, 07:09

 O FC Porto garantiu esta sexta feira a passagem à quarta eliminatória da Taça de Portugal de futebol, ao golear por 6-0 o Vila Real, num encontro marcado pelos quatro golos de Adrián López, que abriu e fechou a contagem.

O emblema da I Liga, que marcou o primeiro golo bem cedo, não sentiu dificuldades em eliminar a formação dos distritais da Associação de Futebol de Vila Real e, além do atacante espanhol, que marcou aos sete, 14, 45+2 e 66 minutos, Soares (49) e André Pereira (61), também fizeram o ‘gosto ao pé’.

Ao lançar uma equipa com jogadores menos utilizados, o técnico Sérgio Conceição promoveu duas estreias absolutas na equipa principal do FC Porto, do lateral-esquerdo Jorge e do médio Bazoer, lançando ainda pela primeira vez esta época o guarda-redes Fabiano.

Face ao dérbi com o Benfica, em 07 de outubro, o 'onze' portista apresentou-se em Vila Real com sete alterações, apenas se mantendo Militão, Felipe, Herrera e Soares.

Com a equipa da casa a jogar desde início bem recuada e com linhas muito próximas, a formação ‘azul e branca’ dominou por completo o encontro, criando perigo sempre que ‘imprimia’ velocidade no último terço, e chegando facilmente a uma vantagem confortável.

Foi o atacante espanhol Adrián López que melhor aproveitou a oportunidade de Sérgio Conceição e, ao seu terceiro jogo oficial da época, chegou ao ‘hat-trick’ ainda na primeira parte, marcando aos sete minutos, servido por Oliver, aos 14, após passe de João Pedro, e aos 45+2, na transformação de um livre direto.

A falta que resultou no livre do terceiro golo levou ainda à expulsão de Raul Babo, por derrube do central do Vila Real sobre Bazoer, que seguia isolado.

Soares, praticamente no arranque da segunda metade, marcou aos 49 minutos, servido por Olivier. Com mais uma unidade em campo, foi ainda mais fácil à formação visitante encontrar espaços na defensiva contrária, o que permitiu também a André Pereira, aos 61 minutos, e a Adrián López, aos 66, aumentarem a goleada.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.