Farmácias vão deixar de dispensar medicamentos a crédito na quinta-feira

 Farmácias vão deixar de dispensar medicamentos a crédito na quinta-feira

 

Lusa/AO Online   Nacional   12 de Dez de 2011, 06:46

As farmácias vão deixar de dispensar medicamentos a crédito à população da Região Autónoma da Madeira a partir de quinta-feira, revelou hoje a Associação Nacional das Farmácias (ANF) num anúncio publicado na imprensa.

De acordo com o mesmo anúncio, o governo regional da Madeira deixou de cumprir, em novembro, o plano de pagamentos acordado, “o que não permite às farmácias a manutenção da dispensa de medicamento a créditos”.

Na informação à população da Madeira, a ANF indica que a dívida da Região Autónoma da Madeira é, neste momento, de 77 milhões de euros.

“Em maio de 2011, as farmácias aceitaram um plano de pagamentos com vista à recuperação da dívida em 8 anos, que foi proposto pelo Governo Regional. A rigorosa execução do plano de pagamentos é essencial para garantir financiamento bancário que permita às farmácias suportar o atraso nos pagamentos”, refere o texto.

Segundo o mesmo documento, “estão em dívida as comparticipações desde setembro de 2009”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.