Saúde

Farmácias penalizadas se não tiverem medicamentos mais baratos

Farmácias penalizadas se não tiverem medicamentos mais baratos

 

Lusa / AO online   Nacional   30 de Jun de 2010, 16:07

As farmácias que não tenham disponíveis os cinco medicamentos mais baratos da substância activa que é prescrita numa receita vão ser fiscalizadas e penalizadas, avisou hoje a Ministra da Saúde.
O alerta de Ana Jorge foi lançado hoje na comissão parlamentar de saúde que decorreu esta manhã na Assembleia da República, onde a ministra salientou que a Autoridade Nacional do Medicamento (o Infarmed) vai reforçar a fiscalização às farmácias.

“Já está feito um pedido ao Infarmed para reforçar a capacidade de verificar quais as farmácias que cumprem”, disse Ana Jorge em declarações aos jornalistas à saída da comissão.

A partir de Julho, as receitas passam a discriminar o valor que o utente pouparia se lhe tivesse sido prescrito um medicamento mais barato, apresentando os cinco fármacos com preços mais baixos dentro da mesma substância activa

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.