Açoriano Oriental
Faialenses redescobrem comércio local

A Câmara Municipal da Horta visitou os estabelecimentos comerciais do concelho que aderiram à campanha “Aposte Local, Compre no Faial” e aproveitou para divulgar a nova medida adicional de apoio às quebras de faturação a que estes podem também concorrer.

Faialenses redescobrem comércio local

Autor: Susete Rodrigues/AO Online

A medida, no âmbito do Fundo de Dinamização Empresarial, destina-se a estabelecimentos com sede ou domicílio fiscal no concelho da Horta, que, comprovadamente, até ao final do mês de agosto, apresentem uma quebra de faturação superior a 40%, em comparação com período homólogo do ano transato. refere nota.

Para os estabelecimentos que se enquadrem nesta medida, a Câmara Municipal da Horta, em parceria com a empresa municipal Urbhorta, atribuirá um apoio financeiro único, no valor de 50% das despesas fixas (eletricidade, água, renda e comunicações), até ao limite de 300 euros por estabelecimento.

Para o presidente da Câmara Municipal da Horta, José Leonardo Silva, esta medida adicional é mais uma ação apresentada no âmbito do Fundo de Dinamização Empresarial e no contexto da própria pandemia que estamos a viver.

“O Aposte Local, compre no Faial”, pelo que apurámos junto dos comerciantes, está a decorrer de uma forma muito positiva, com uma forte adesão das pessoas, e isso garante que a dinâmica económica e empresarial que se pretendia alcançar está a ser bem sucedida, ou seja, as pessoas estão a redescobrir, acima de tudo, a importância do pequeno e do médio comércio", disse citado na mesma nota.

Os interessados em aderir a esta nova medida deverão realizar a sua inscrição diretamente no site da Câmara Municipal da Horta acompanhada dos documentos previstos no art.º 11.º do Regulamento “Aposte Local Compre no Faial”.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.