França

Ex-presidente Jacques Chirac vai ser julgado por um caso de corrupção


 

Lusa / AO online   Internacional   30 de Out de 2009, 11:35

O antigo presidente francês Jacques Chirac vai ser julgado por um alegado processo de corrupção de empregos fictícios na Câmara Municipal de Paris da qual foi presidente, anunciou o serviço de imprensa do antigo presidente.
Com esta decisão, Chirac torna-se no primeiro ex-presidente francês a ser julgado pela justiça.

O Ministério Público pediu o arquivamento do processo, mas os magistrados não aceitaram e exigiram que Jacques Chirac, presidente de França entre 1995 e 2007, seja julgado por “desvio de fundos públicos” e “abuso de confiança”.

O gabinete de imprensa de Chirac afirmou que o ex-presidente está “sereno” e preparado para demonstrar que não houve qualquer emprego fictício na Câmara Municipal de Paris.

Chirac, com imunidade durante 12 anos por ser chefe de Estado, mas que depois deixou de estar protegido, foi acusado em 21 de Novembro de 2007 dos crimes de “desvio de fundos públicos” por ter permitido empregos fictícios alegadamente pagos pelo gabinete do presidente da Câmara de Paris.

Chirac foi presidente da Câmara de Paris entre 1977 e 1995.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.