Tancos

Ex-ministro Azeredo Lopes acusado de abuso de poder, denegação de justiça e prevaricação

Ex-ministro Azeredo Lopes acusado de abuso de poder, denegação de justiça e prevaricação

 

Lusa/AO Online   Nacional   26 de Set de 2019, 11:29

O ex-ministro da Defesa Azeredo Lopes foi acusado, esta quinta-feira, pelo Ministério Público de abuso de poder, denegação de justiça e prevaricação no "caso de Tancos" e proibido do exercício de funções.

O ministério Público acusou no total 23 arguidos no caso do furto e da recuperação das armas do paiol da base militar de Tancos.

Os arguidos foram acusados de crimes como terrorismo, associação criminosa, denegação de justiça, prevaricação, falsificação de documentos, tráfico de influência, abuso de poder, recetação e detenção de arma proibida.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.