Europa em queda com acordo de reforço do euro sem Reino Unido

Europa em queda com acordo de reforço do euro sem Reino Unido

 

Lusa/AO Online   Economia   9 de Dez de 2011, 07:32

 As principais praças europeias seguiam hoje em queda, depois dos líderes europeus, reunidos desde quinta-feira em Bruxelas terem falhado um acordo unânime para um novo tratado intergovernamental para reforçar o euro.

Pelo menos 23 países irão fazer parte de um novo tratado intergovernamental, mas o Reino Unido decidiu não participar na revisão do tratado de reforço da disciplina orçamental da zona euro.

Às 08:12, o Eurostoxx 50 recuava 0,47 por cento para 2.277,23 pontos, com as principais praças a oscilarem entre as perdas de 0,08 por cento de Milão e as de 0,65 por cento de Frankfurt.

Em terreno negativo, seguiam também Paris (0,50 por cento), Londres (0,39 por cento) e Madrid (0,30 por cento).

Lisboa seguia igualmente em baixa de 0,24 por cento, acompanhando a tendência das congéneres europeias.

O euro abriu hoje em baixa no mercado de divisas de Frankfurt e trocava-se a 1,3383 dólares, enquanto o barril de Brent para entrega em janeiro cotava nos 109,4 dólares, menos 0,41 dólares do que no fecho da sessão de segunda-feira.

Os investidores estarão hoje a acompanhar a cimeira europeia, que começou na quinta-feira em Bruxelas com um jantar e com a decisão de acelerar por um ano a entrada em vigor do fundo de resgate permanente e dotar o FMI com 200.000 milhões de euros para ajudar os países em crise.

Os líderes europeus irão hoje debater a possibilidade dos investidores privados participarem na reestruturação da dívida dos países em crise e fechar um pacto financeiro que incluirá sanções automáticas a países que não cumpram os limites dos défices.

Nos EUA, o Departamento do Comércio dos EUA divulga os números da balança comercial de outubro.

O euro abriu hoje ligeiramente em baixa no mercado de divisas de Frankfurt e trocava-se a 1,3305 dólares, enquanto o barril de Brent para entrega em janeiro cotava nos 107,21 dólares.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.