Câmbios

Euro valoriza com subida das taxas nos EUA só em 2012


 

Lusa / AO online   Economia   18 de Nov de 2009, 17:21

O euro seguia esta quarta-feira a valorizar face ao dólar, nos 1,4968 dólares, depois de o presidente da Reserva Federal de St.Louis, James Bullard, ter afirmado que as taxas de juro não deverão subir antes de 2012.
Às 17:32, o euro valia 1,4968 dólares, acima dos 1,4859 dólares a que negociava na terça-feira.

Durante o dia, a cotação do euro variou entre um mínimo de 1,4836 dólares e um máximo de 1,4991 dólares.

James Bullard afirmou hoje que as experiências do passado indicam que os decisores políticos não deverão subir as taxas de juro antes de 2012.

O responsável afirmou em St. Louis que a principal preocupação da Reserva Federal será evitar a subida da inflação.

Os decisores políticos afirmaram no início de Novembro que vão manter a taxa de juro próxima do zero por um “extenso período”.

Os analistas consideram pouco provável que o dólar valorize face ao euro enquanto a Fed não indicar que está preparada para subir as taxas de juro.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.