Comentário cambial

Euro renova novo máximo histórico acima dos 1,42 dólares


 

Lusa / AO online   Economia   29 de Set de 2007, 02:08

O euro seguia sexta-feira novamente em alta contra o dólar, tendo atingido um novo máximo histórico, acima dos 1,42 dólares, depois de indicadores económicos dos EUA terem sugerido que a Fed pode voltar a descer as taxas de juro.
Às 16:30, o euro valia 1,4237 dólares, bem acima dos 1,4147 dólares a que negociava na quinta-feira ao final do dia.

Durante a sessão de sexta-feira, a cotação da moeda europeia oscilou entre um mínimo de 1,4144 dólares e um máximo de 1,4243 dólares, um novo máximo histórico.

A pressionar a divisa norte-americana esteve a especulação de que a Reserva Federal norte-americana (Fed) poderá cortar novamente as taxas de juro, depois de se ter sabido que a inflação norte-americana registou em Agosto o aumento mais baixo desde Fevereiro de 2004.

Sem pressões inflacionistas, a Fed fica com mais espaço para reduzir o preço do dinheiro, numa altura em que ainda se desconhecem as consequências da crise do mercado de crédito imobiliário de alto risco e em que alguns analistas, entre eles o ex-presidente da Fed Alan Greenspan, admitem que pode resultar numa recessão.


   
Divisas..............Sexta-feira 16:30..........Quinta-feira

   
Euro/dólar.............1,4237...............1,4147

   
Euro/iene..............163,38...............163,77

   
Euro/libra.............0,6975...............0,6991

  
Dólar/iene.............115,77...............115,77
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.