EUA autorizam 'tablets' e consolas de jogos de vídeo em voos comerciais

EUA autorizam 'tablets' e consolas de jogos de vídeo em voos comerciais

 

Lusa/AO online   Internacional   31 de Out de 2013, 16:04

Os passageiros de aviões poderão utilizar em breve alguns aparelhos eletrónicos, como "tablets" e consolas de jogos de vídeo, durante os voos, incluindo na descolagem e na aterragem, anunciou a agência norte-americana de aviação civil.

Esta medida não vai abranger os telemóveis, cuja utilização continua a ser proibida durante as ligações aéreas.

“Tenho o prazer de anunciar que as companhias aéreas podem estender, com toda a segurança, o uso de aparelhos eletrónicos portáteis durante todas as fases do voo”, afirmou o diretor da Federal Aviation Administration (FAA, sigla em inglês), Michael Huerta, durante uma conferência de imprensa realizada no aeroporto Reagan National, perto de Washington.

Estas alterações abrangem as companhias aéreas que estão sob a tutela da FAA, ou seja, as transportadoras estrangeiras que viajam no espaço aéreo norte-americano e as empresas norte-americanas que viajam nos Estados Unidos e para o estrangeiro.

“O comité de peritos determinou que a maioria dos aviões comerciais pode tolerar as interferências de rádio provenientes dos aparelhos eletrónicos portáteis”, precisou o responsável.

“Portanto, é seguro ler livros eletrónicos (‘e-books’), bem como jogar jogos de vídeo”, acrescentou Huerta.

A medida também é extensível aos ‘tablets’ (dispositivo eletrónico em formato retangular e com ecrã tátil, usado para organização pessoal, visualização e arquivo de vários tipos de ficheiros digitais).

No entanto, o diretor da FAA admitiu que em certas situações relacionadas com a fraca visibilidade provocada pelas más condições meteorológicas, o piloto poderá pedir aos passageiros para desligarem os respetivos aparelhos eletrónicos, uma vez que “certos sistemas de aterragem podem ser afetados pelas interferências de rádio”.

As novas regras vão entrar em vigor até ao final do ano, referiu a FAA, num comunicado.

Navegar na Internet será igualmente possível nos voos das companhias que oferecem um acesso Wi-Fi (tecnologia que permite o acesso à Internet sem fios). A tecnologia Bluetooth (que permite a conetividade sem fios entre diferentes dispositivos) para teclados eletrónicos sem fios também vai ser autorizada.

Michael Huerta realçou, no entanto, que os passageiros não serão autorizados a utilizar dispositivos eletrónicos durante a apresentação das instruções de segurança, quando os membros da tripulação descrevem os procedimentos a seguir em situações de emergência antes da descolagem do aparelho.

Estas novas normas surgem depois de um painel de peritos independentes, consultados pela FAA, terem estudado durante um ano os potenciais problemas de segurança relacionados com a utilização de dispositivos eletrónicos durante as ligações aéreas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.