Crime

Estudante confessa homicídio de namorada


 

Lusa / AO online   Nacional   19 de Nov de 2009, 16:35

O estudante de 22 anos suspeito de ter matado a namorada, encontrada no interior de um carro junto à Barragem de Fagilde, em Mangualde, confessou a autoria material do crime, disse à Agência Lusa fonte da PJ.
 Segundo a mesma fonte, apesar de o jovem não ter contado alguns pormenores, confessou o essencial: "que a matou com algo contundente de metal" e que "atirou o carro pela ravina".

"Há pormenores que não contou, mas ele próprio estaria desorientado, porque fomos a vários locais e estava um bocado perdido no terreno", acrescentou.

A rapariga de 20 anos, aluna do curso de Comunicação Social no Instituto Politécnico de Viseu (IPV), terá sido morta "num local ermo a poucos quilómetros de Viseu" e depois levada para a Barragem de Fagilde no carro onde foi encontrada, que "tinha muito sangue no interior", nomeadamente na bagageira.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.