Espanha continua a agir "de boa fé" no caso de Aminatu Haidar


 

Lusa / AO online   Internacional   30 de Nov de 2009, 17:48

Espanha continua a agir de “boa fé” para procurar resolver a situação da activista do Sara Ocidental, Aminatu Haidar e ajudá-la a cumprir os seus objectivos de voltar a El Aaiún, afirmou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros espanhol.
Miguel Angel Moratinos, em conferência de imprensa no Estoril, explicou que o problema da activista, que hoje entrou na sua terceira semana em greve de fome, é não ter um documento de viagem que lhe permita voltar ao Sara Ocidental.

“Exploraram-se todas as formas para que ela possa ter um documento de viagem e consiga apanhar o avião”, explicou.

Por isso, e porque os seus pais tiveram residência espanhola, a activista poderia ter acesso a um passaporte espanhol (que já rejeitou) ou a um passaporte marroquino, quer o que lhe foi confiscado por Marrocos quer um novo.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.