Sociedade

Empresário português assassinado a tiro no Luxemburgo


 

Lusa/AOonline   Nacional   5 de Nov de 2008, 15:19

Um empresário português residente no Luxemburgo foi assassinado terça-feira à noite naquele país com três tiros na cabeça, estando o caso em segredo de justiça, noticia a imprensa luxemburguesa.
De acordo com a edição on-line do jornal Tageblatt, o proprietário da empresa de transportes "TransAmérico" estava a chegar a casa cerca das 21:30 locais, quando foi atingido com três tiros.

    O diário refere que o crime aparenta ser um "ajuste de contas".

    A ajuda médica chegou rapidamente ao local, mas o português já estava morto, segundo o jornal.

    A polícia cortou o acesso à zona do crime para investigações e não está a prestar declarações sobre o caso.

    Contactada pela Agência Lusa, fonte do gabinete do secretário de Estado das Comunidades disse "ter conhecimento" da situação, adiantando que está a "acompanhar o caso com as autoridades locais".

    Escusando-se a adiantar mais pormenores, a mesma fonte disse apenas que as "razões do crime estão em segredo de justiça".

    No Luxemburgo residem oficialmente 70 mil portugueses, sendo a comunidade portuguesa considerada bem integrada a todos os níveis naquele país.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.