Açoriano Oriental
Durão Barroso condecorado por serviços a Portugal e à UE
O Presidente da República anunciou que vai condecorar o presidente da Comissão Europeia José Manuel Durão Barroso com o Grande Colar da Ordem do Infante D. Henrique, por serviços "de extraordinária relevância" para Portugal e União Europeia.
article.title

Foto: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA
Autor: Lusa/AO online

 

A decisão de Cavaco Silva foi publicada hoje no site da Presidência da República, estando a condecoração marcada para a próxima segunda-feira, às 12:00.

O site da Presidência sublinha que Durão Barroso, que termina hoje o seu mandato, depois de 10 anos à frente da Comissão Europeia, exerceu o “mais alto cargo internacional alguma vez assumido por um português”, tendo realizado “serviços de extraordinária relevância” a Portugal e à União Europeia.

Durão Barroso será o segundo português a receber esta condecoração a título excecional, já que o Grande-Colar da Ordem do Infante D. Henrique se destina a chefes de Estado.

No entanto, o antigo Presidente da República Jorge Sampaio já o tinha atribuído, em 2001, ao último governador português em Macau, Vasco Rocha Vieira.

Desde 2004, altura em saiu do Governo para assumir a liderança da Comissão Europeia, Durão Barroso já recebeu várias condecorações pelo exercício do cargo entre as quais se contam Cruz Maarjamaa de 1.ª classe, da Estónia, em 2009, o Grande Colar de Timor-Leste, em 2010, a Grã-Cruz da Real y Distinguida Orden Española de Carlos III, de Espanha, em 2011, a medalha de Primeiro Grau da Ordem de Amílcar Cabral, de Cabo Verde, em 2012, e Grande Oficial da Légion d’Honneur, de França, em julho passado.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.