Salvamento

Doze tripulantes de navio liberiano internados na Horta

Doze tripulantes de navio liberiano internados na Horta

 

Lusa/AO online   Regional   16 de Dez de 2010, 17:09

O número de tripulantes do cargueiro 'Luebbert' que ficaram internados no Hospital da Horta, no Faial, Açores, por intoxicação com um pesticida utilizado a bordo aumentou para 12, revelou Conceição Nascimento, presidente da administração desta unidade de saúde.
No mais recente balanço da situação envolvendo os tripulantes do navio liberiano, todos de nacionalidade chinesa, Conceição Nascimento salientou que estão “clinicamente bem”, embora os resultados das análises laboratoriais aconselhem a que se mantenham sob vigilância médica.

Entre os 14 tripulantes que foram transportados esta quinta-feira de madrugada para o Hospital da Horta apenas dois já tiveram alta médica.

Os membros da tripulação do navio foram evacuados para o hospital depois de ser queixarem de dores de cabeça, náuseas, vómitos e problemas oculares, aparentemente causados pela inalação de sulfureto de alumínio.

A bordo do cargueiro, que está fundeado ao largo da ilha do Pico, protegido da forte ondulação marítima que se faz sentir naquela zona do arquipélago, continuam sete tripulantes, também vítimas de intoxicação mas com menor grau de gravidade.

O capitão do Porto da Horta, Jorge Chixaro, disse que o rebocador 'Ilha de S. Luís', que transportou os tripulantes esta madrugada, regressou esta tarde ao cargueiro para que o Delegado de Saúde da Horta, Luís Chaby Lara, pudesse recolher amostras de sangue da restante tripulação.

O cargueiro 'Luebbert', de 190 metros de comprimento, era proveniente do Canadá e dirige-se para Gibraltar.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.