Donald Trump admite disputar presidenciais de 2012


 

Lusa/AO online   Internacional   19 de Nov de 2010, 10:33

O multimilionário norte-americano Donald Trump, que fez fortuna no imobiliário, afirmou quinta-feira que está a ponderar disputar as eleições presidenciais de 2012.
O impetuoso empresário, de 64 anos, herói da sua própria emissão de tele-realidade, “O Aprendiz”, afirmou à cadeia televisiva ABC que está a pensar seriamente concorrer sob as cores republicanas em 2012, e que poderia gastar na campanha mais de 200 milhões de dólares (147 milhões de euros) dos seus fundos próprios.

Depois de dizer que em Junho deve tomar a sua decisão, Trump acrescentou que, se vier a ser eleito presidente, a sua prioridade será atacar a potência económica da China, que está a manipular a sua moeda, diz, em detrimento da economia dos Estados Unidos.

Trump já tinha ponderado candidatar-se em 1999, mas a intenção não teve seguimento.

Se se confirmar agora a sua intenção, poderá confrontar-se, na corrida à investidura republicana, com a antiga candidata à vice-presidência, Sarah Palin.

Neste cenário, garantiu que se irá opor à antiga governadora do estado do Alasca: “Gosto muito dela, mas serei seu adversário.”

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.