EUA/Ucrânia

Dick Cheney encontra-se com primeira-ministra ucraniana


 

Lusa/AO online   Internacional   5 de Set de 2008, 11:33

O vice-presidente norte-americano, Dick Cheney, encontrou-se em Kiev com a primeira-ministra ucraniana, Iulia Timochenko, e o presidente Viktor Iuschenko, num contexto de uma crise política no país e de ameaças de eleições antecipadas.
O encontro com Timochenko começou às 09:00 (hora de Lisboa) e durou mais do que o previsto, indicou a porta-voz de Timochenko, Marina Soroka. Seguiram-se negociações entre as delegações governamentais ucraniana e norte-americana.

    No encontro, Timochenko declarou esperar um "novo dinamismo para as relações entre os dois países".

    Cerca das 11:00, Cheney chegou à presidência para se reunir com Viktor Iuschenko. Os dois homens já tinham jantado juntos quinta-feira, após a chegada do dirigente norte-americano a Kiev, segundo a embaixada dos Estados Unidos na Ucrânia.

    De acordo com a imprensa e os analistas, Cheney deverá tentar reconciliar os dirigentes ucranianos em conflito e cuja coligação governamental pró-ocidental se desintegrou.

    Chegado a Kiev depois de ter estado em Tbilissi, Cheney indicou que o objectivo da sua visita era apoiar os aliados dos norte-americanos no antigo bloco soviético.

    A semana passada, vários altos responsáveis europeus consideraram que a Ucrânia poderá ser o próximo alvo de Moscovo, após os combates entre a Rússia e a Geórgia. Como Tbilissi, Kiev pretende aderir à NATO e à União Europeia.

    As tensões recorrentes entre o presidente Iuschenko e a sua primeira-ministra subiram durante o conflito militar da vizinha Rússia e da Geórgia.

    Iuschenko colocou-se claramente do lado de Tbilissi, como os Estados Unidos, enquanto Timochenko se absteve de qualquer crítica aberta em relação a Moscovo.

    Terça-feira, o partido de Iuschenko anunciou a sua retirada da coligação que formava com o bloco Iulia Timochenko. Este último votou com a oposição pró-russa (Partido das Regiões) uma série de leis anti-presidenciais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.