Açoriano Oriental
Detenções por crime de violência doméstica e desobediência

A PSP deteve um homem de 42 anos, residente no concelho de Ponta Delgada, pela prática do crime de violência doméstica.

Detenções por crime de violência doméstica e desobediência

Autor: AO Online

O detido, com antecedentes criminais neste tipo de criminalidade, foi-lhe aplicada a medida de coação mais gravosa, a prisão preventiva, refere comunicado do Comando Regional da PSP dos Açores


No âmbito da atividade operacional regular desenvolvida pela Divisão Policial de Angra do Heroísmo, foram levados a cabo um conjunto de ações que culminaram com quatro detenções de indivíduos, com idades entre os 27 e os 40 anos.


Das detenções efetuadas, uma teve na origem num crime por desobediência e ameaças/injúrias a agente de autoridade, no decurso de uma operação de fiscalização a estabelecimentos de restauração, no âmbito das medidas Covid-19, não tendo acatado a ordem para o encerramento imediato do estabelecimento, na ilha de São Jorge.


As restantes três detenções, dizem respeito a crimes de desobediência por condução de veículo apreendido, condução de veículo sob a influência de álcool, apresentando uma TAS 2,88 g/l e uma por condução de veículo sem habilitação legal para o efeito.


No âmbito da atividade operacional regular desenvolvida pela Divisão Policial da Horta, foram detidos dois homens e uma mulher, com idades entre os 28 e os 56 anos.


Das detenções efetuadas, duas tiveram a origem no âmbito das medidas de prevenção e mitigação dos efeitos da pandemia Covid-19, previstas no DRR 2/A/2021/A, perante um aglomerado de cerca de 80 pessoas junto de um estabelecimento de restauração e bebidas, no concelho da Horta, na freguesia das Angústias.


A subunidade policial da Horta interveio, no sentido de repor a legalidade, nomeadamente a aglomeração superior ao permitido por lei, acabando por serem detidos um homem e uma mulher pelos crimes de desobediência, em virtude de forma reiterada se terem recusado a acatar a ordem de dispersão.


As restantes duas detenções aconteceram no âmbito de várias operações de fiscalização rodoviária, por crimes de condução de veículo sob a influência de álcool, com uma TAS variável de 1,64 g/l e 1,78 g/l.


Nos Açores, no período entre 5 e 7 de março de 2021, foi registado a ocorrência de 28 acidentes de viação, os quais, além de danos materiais, provocaram seis feridos.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados