Crise arrasta famílias para a prostituição

Crise arrasta famílias para a prostituição

 

Ana Paula Fonseca   Regional   17 de Nov de 2013, 23:00

Crise arrasta famílias para a prostituição é o grande destaque da edição do Açoriano Oriental. A quebra de rendimentos e situações de pobreza potenciam o aumento da prostituição de crianças e adultos nos Açores. Para o advogado Ricardo Pacheco, o apoio aos desfavorecidos não pode desaparecer

Outra destaque com uma grande fotografia vai para a conquista da Taça de Honra pelo Vale Formoso, que venceu por 3-2 o União Micaelense, num jogo disputado na Povoação.

O matutino chama ainda para capa uma entrevista com o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio que anuncia alterações ao projeto do centro histórico da cidade. O programa Requalificar limita acesso de licenciados a Mestrados; Enfermeiros reclamam 4,6 ME em retroativos; Mais de três mil pessoas visitam Expo Aves e Açoriano à volta do mundo para mostrar empreendedorismo são outros destaques.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.