Conferência episcopal termina hoje em Fátima


 

lusa/AO On line   Nacional   12 de Nov de 2009, 05:11

A Conferência Episcopal encerra hoje a sua 173.ª Assembleia Plenária, que decorre em Fátima desde segunda-feira e durante a qual os bispos portugueses já consideraram inaceitável qualquer forma de eutanásia.

Segundo o porta-voz da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP), padre Manuel Morujão, a assembleia vai aprovar uma nota pastoral que "declara que é inaceitável qualquer forma de eutanásia e uma delas será o chamado suicídio assistido”.

Quanto ao testamento vital, “é perfeitamente aceitável”, considerou o porta-voz da CEP, advertindo, contudo, que “não é para abrir as portas à eutanásia”.

“É para respeitar, quanto possível, a vontade de quem faz o testamento ou quem faz essas directivas antecipadas de vontade”, esclareceu.

A nota pastoral sobre a eutanásia e o testamento vital, intitulada “Cuidar da vida até à morte”, pretende ser um contributo para a reflexão ética sobre o morte, que “muitas vezes se procura esconder, mas é uma realidade inevitável”, do qual se deve falar pedagogicamente e com serenidade, acrescentou o responsável.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.