Confederação retira aos Camarões organização da Taça das Nações Africanas de 2019


 

Lusa/Ao online   Futebol   1 de Dez de 2018, 11:13

A Confederação Africana de Futebol (CAF) decidiu esta sexta feira, em reunião realizada em Accra, retirar aos Camarões a organização da Taça das Nações Africanas (CAN) de 2019, a sete meses do início da competição.

Segundo fontes citadas pela Agência de Notícias do Gana (GNA), o motivo da decisão deveu-se aos problemas de segurança nos Camarões.

A CAF anunciou que a vaga está aberta a qualquer país que esteja interessado em organizar a competição, sem dar mais detalhes.

A CAN será realizada entre junho e julho do próximo ano, evento no qual 24 equipas vão competir, em vez das habituais 16, conforme decidido numa reunião da CAF em julho do ano passado.

A organização da CAN mudou nas últimas três edições. Em 2013, da Líbia para a África do Sul devido à guerra civil na Líbia, em 2015, de Marrocos para a Guiné Equatorial devido ao surto de ébola na África Ocidental de 2014 a 2016 e em 2017, não foi novamente realizado na Líbia passando para o Gabão devido a conflitos.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.