Comissões de seleção do SIDER e do Empreende Jovem propõem projetos de mais de 5 milhões de euros e 71 novos postos de trabalho

Comissões de seleção do SIDER e do Empreende Jovem propõem projetos de mais de 5 milhões de euros e 71 novos postos de trabalho

 

Susete Rodrigues/Gacs   Regional   7 de Out de 2013, 08:16

O Vice-Presidente do Governo dos Açores considerou um "resultado encorajador" o crescente número de candidaturas apresentadas por empreendedores da região, com destaque para os jovens, aos vários programas de apoio ao investimento.
De acordo com nota do Gacs, Sérgio Ávila frisou que, “estando o Governo Regional a desenvolver um grande esforço no sentido de promover um conjunto de medidas de combate ao desemprego, entre as quais um forte apoio ao investimento, é com muita satisfação que assistimos a esta resposta e a este sinal de que as medidas são adequadas”.
 
“Os números conferem-nos a certeza de que este rumo que traçámos está a ser seguido pelos açorianos, designadamente os jovens, que, com muito sentido proativo, procuram apoio nas nossas medidas para a criação do seu próprio emprego, mas também dão nota do espírito de luta dos açorianos, bem como da sua confiança no futuro dos Açores e da sua confiança no investimento privado como solução para o desenvolvimento da nossa região”, disse. 
 
O Vice-Presidente reagia à propositura para aprovação, por parte das comissões de seleção dos subsistemas de Apoio ao Desenvolvimento Local e Apoio ao Desenvolvimento do Turismo, do SIDER, bem como do Empreende Jovem, de 23 novos projetos de investimento, que representam mais de cinco milhões de euros e a criação de 71 novos postos de trabalho.
 
Na nota pode-se ler que no âmbito do SIDER, e especificamente no que se refere ao Subsistema de Apoio ao Desenvolvimento Local, os 10 projetos aprovados destinam-se sobretudo às áreas de comércio e indústria, perfazendo um investimento previsto de 2,4 milhões de euros e a criação de 28 novos postos de trabalho, sendo o incentivo a conceder de 0,8 milhões de euros de subsídio não reembolsável e 0,1 milhões de euros de apoio reembolsável.
 
Em relação ao Subsistema de Apoio ao Desenvolvimento do Turismo, foram aprovados três projetos nas áreas de alojamento e animação turística, que correspondem a um investimento previsto de um milhão de euros e à criação de cinco novos postos de trabalho, sendo o incentivo a conceder de 0,3 milhões de euros de apoio não reembolsável e 0,2 milhões de euros de incentivo reembolsável.
 
Num balanço da execução destes programas do SIDER, no atual quadro comunitário, foram apresentadas, até ao final do mês de setembro, 887 candidaturas, que preveem um investimento de 556 milhões de euros e a criação de 2.732 novos postos de trabalho.
 
Quanto ao Empreende Jovem, foram aprovados mais 10 projetos, que totalizam um investimento de 1,8 milhões de euros e a criação de 38 novos postos de trabalho.
 
A estas candidaturas corresponde um incentivo proposto superior a um milhão de euros, a atribuir sob a forma de incentivo não reembolsável.
 
Em termos de repartição por ilhas, entre os projetos aprovados no Empreende Jovem, três serão realizados na ilha do Faial, três na Terceira, dois no Pico e dois em São Miguel.
 
Desde julho de 2006 e até final do mês de setembro de 2013, foram apresentadas 267 candidaturas, que preveem um investimento de 48 milhões de euros de investimento e a criação de 623 novos postos de trabalho, estando previsto que cerca de metade sejam preenchidos por mulheres.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.