Açoriano Oriental
Cobertura de DAE não é homogénea em São Miguel

Nem todas as autarquias micaelenses têm desfibrilhadores automáticos externos (DAE) em permanência. Clubes de futebol são alguns dos que têm investido neste aparelho que pode salvar vidas

premium
Cobertura de DAE não é homogénea em São Miguel

Autor: Nuno Martins Neves
A presença de desfibrilhadores automáticos externos (DAE) na ilha de São Miguel não é homogénea, havendo concelhos que apostaram neste equipamento nos recintos desportivos e outros que só esporadicamente os têm. Um equipamento que pode salvar vidas, como já aconteceu em julho de 2020 nas P...
PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.