Cinco pessoas condenadas por lenocínio e tráfico de droga nos Açores

Cinco pessoas condenadas por lenocínio e tráfico de droga nos Açores

 

Lusa/Ao online   Regional   14 de Out de 2018, 15:52

Quatro homens e uma mulher, com idades entre os 24 e os 55 anos, foram condenados com penas de prisão que vão até aos nove anos pelos crimes de "lenocínio, pornografia de menores e tráfico", adianta este domingo uma nota do Tribunal Judicial da Comarca dos Açores.

O acórdão do tribunal coletivo que foi lido na passada sexta-feira em São Roque do Pico refere que a atividade criminosa se desenvolver "sobretudo na ilha do Pico" e na ilha de São Miguel, aonde foram praticados os crimes de tráfico e lenocínio (crime de recurso a prostituição de menores) entre 2013 e 2017.

Na mesma nota lê-se que o arguido de 55 anos, que "ao longo das últimas décadas explorou casas de alterne e cafés" nos Açores e em Portugal Continental foi condenado a uma pena única de nove anos e seis meses de prisão pelos crimes de "tráfico de estupefacientes, lenocínio agravado, prostituição e pornografia de menores".

Dois dos arguidos foram condenados por coautoria nos crimes de "tráfico de estupefacientes" sendo que um foi condenado a cinco anos e seis meses de prisão e outro, também condenado por crime de detenção de arma proibida, a quartro anos de seis meses de prisão com "execução suspensa".

Um quarto arguido foi condenado "como autor de tráfico de menor gravidade" tendo sido condenado a dois anos de prisão com pena suspensa.

A mulher foi condenada a uma pena de quatro anos e quatro meses de prisão suspensa por tráfico de estupefacientes.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.