Política

César quer garantias de José Sócrates

César quer garantias de José Sócrates

 

Olímpia Granada   Regional   16 de Nov de 2010, 09:52

“Nós, no PS/A não nos sentimos bem com algumas medidas [de austeridade] que estão a ser tomadas”, admitiu segunda-feira à noite o líder dos socialistas açorianos, Carlos César.
Em tom de desabafo, o também presidente do Governo Regional dos Açores, numa intervenção servida de improviso antes de um jantar que reuniu membros eleitos do partido em Vila do Porto, acrescentou que no PS/Açores “não estamos nem somos obrigados a estar de acordo com tudo o que o governo faz lá fora”.

E de “lá de fora” Carlos César quer garantias a troco daquela que, apesar de tudo, disse ser a compreensão que tem para com a “necessidade “das medidas de austeridade impostas pelo Executivo chefiado por Sócrates. Quais? Que têm um “carácter transitório” e que “daqui a alguns anos recuperaremos [...] o regime de protecção social” e “desenvolvimento”.



Leia esta notícia na íntegra no jornal Açoriano Oriental de Terça-Feira Dia 16 de Novembro de 2010

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.