Centro Comercial Solmar entra em novo ciclo

Carregando o video...

 

João Cordeiro   Regional   26 de Nov de 2008, 08:52

Depois de um longo período em que esteve "cercado" por obras - primeiro as Portas do Mar, depois o parque de estacionamento da Avenida - o espaço apresenta agora uma nova imagem e uma atitude de maior proximidade com o cliente. Os empresários acreditam num futuro de sucesso. (Ver vídeo)

Em ambiente de festa, o centro comercial Solmar apresentou ontem uma nova imagem, um novo nome - Solmar Avenida Center - e uma nova estratégia: "Mais perto de si, mais perto de tudo".

Aquele que foi o primeiro centro comercial de Ponta Delgada, construído há dezoito anos, entra assim num "novo ciclo", considera Fernando Neves, membro da comissão de lojistas do espaço comercial.

Depois das dificuldades provocadas principalmente pelo período de dois anos consecutivos com obras nas imediações, nomeadamente as Portas do Mar e o parque de estacionamento da Avenida, o Solmar Avenida Center tem de novo todas as condições para ter sucesso, acredita o empresário.

Aliás, são estas infra-estruturas, cuja construção prejudicou os lojistas do centro comercial Solmar, que são agora apontadas como "trunfos" do espaço na baixa da cidade, que vai beneficiar de um maior movimento de pessoas e que tem agora melhores condições de estacionamento, com vários parques nas redondezas - Portas do Mar, Avenida e São João, junto ao Teatro Micaelense.

"É nos momentos maus que se vêem os bons: esta foi uma oportunidade para mudar o centro comercial, e nós reagimos", considera Fernando Neves.

Para o membro da comissão de lojistas, o Solmar Avenida Center "é um espaço com muita afectividade", que não vai ao encontro do que é hoje um grande centro comercial, sendo "mais personalizado e mais próximo daquilo que é o comércio tradicional".

A mudança do centro comercial não se fica apenas pela aparência, já que ainda esta semana foram inaugurados dois novos espaços - uma pastelaria e uma loja de senhora - e na próxima semana vai abrir uma nova loja de roupa de senhora.

Neste momento, os espaços do rés-do-chão estão preenchidos na totalidade, enquanto que o primeiro piso tem cerca de 30 a 40 por cento de espaços por ocupar.

No entanto, Fernando Neves diz que "tem havido muitos contactos de empresários curiosos", e acredita que dentro de muito pouco tempo o Solmar Avenida Center vai estar cheio, com novos empresários.

O membro da comissão de lojistas reconhece que "a crise existe é forte e está para durar", no entanto, acredita que esta nova dinâmica, a nova imagem e o clima de sucesso vão conseguir convencer os empresários a apostarem no SolMar Avenida Center.

Para festejar esta nova fase do espaço comercial, o Solmar Avenida Center lançou uma campanha que inclui descontos de 10 por cento nas lojas aderentes, e oferta da primeira hora de estacionamento aos clientes.

Para além de Fernando Neves, a comissão de lojistas que liderou este processo de renovação do centro comercial é composta ainda por José Carlos Frias e José Paulo Santos.

Berta Cabral, presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, acredita que o Solmar Avenida Center "é um marco fundamental da cidade, por se localizar na baixa, a zona mais dinâmica do ponto de vista económico".

A autarca realça que o novo parque de estacionamento da avenida, "quase dedicado ao próprio centro comercial", com abertura prevista para o próximo mês, vem beneficiar o renovado espaço, que fica "muito bem servido".

A Câmara Municipal de Ponta Delgada apoiou esta mudança de imagem do Solmar Avenida Center por considerar que este espaço é "determinante para a reabilitação e redinamização do ponto de vista económico do centro da cidade".

Berta Cabral lembrou que, ao abrigo do programa Reviva, da responsabilidade da autarquia de Ponta Delgada, e que tem como objectivos a reabilitação económica e social, e o repovoamento do centro histórico, não só o Solmar Avenida Center, mas todo o comércio da baixa da cidade, vai beneficiar de uma série de incentivos e reduções de taxas.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.