Casa dos Açores de Ontário assinala 33 anos a divulgar cultura açoriana na diáspora


 

Lusa/Ao online   Regional   10 de Nov de 2018, 19:00

A entrega de prémios Açor de Ouro e de Prata a personalidades pelo contributo em prol da Casa dos Açores do Ontário é uma das iniciativas para assinalar o 33.º aniversário daquela instituição da diáspora, que promove uma semana cultural.

Numa nota enviada às redações, o executivo açoriano adianta que a semana cultural daquela instituição, que promove os Açores e a sua cultura no Canadá, é este ano subordinada à temática ‘Ilhas Encantadas: Beleza – Sabores e Letras’ e pretende celebrar as tradições, os costumes e a cultura açoriana e portuguesa.

O diretor regional das Comunidades, Paulo Teves, inicia hoje uma deslocação ao Canadá, onde vai participar nas comemorações do 33.º aniversário da Casa dos Açores do Ontário e no encerramento da XX Semana Cultural da instituição, segundo a nota, que acrescenta que "serão entregues os prémios Açor de Ouro e Açor de Prata a diversas personalidades, em reconhecimento pelo contributo e esforço que é feito em prol da Casa dos Açores do Ontário".

A Casa dos Açores do Ontário (CAO), organização cultural sem fins lucrativos, foi fundada a 9 de dezembro de 1985.

Aquela instituição integra o Conselho Mundial das Casas dos Açores desde a fundação deste organismo, em novembro de 1997, e faz parte ainda da Rede Internacional de Organizações de Intervenção Social.

"A instituição promove os Açores e a sua cultura, mantendo vivas as tradições das suas gentes e promovendo os interesses da comunidade açoriana no Canadá, além de apoiar os novos imigrantes no atendimento das diferenças culturais e legislativas no país de acolhimento", sublnha a nota do Governo dos Açores.

No Canadá, o diretor regional das Comunidades participa ainda no encerramento da 18.ª Semana Cultural da Casa dos Açores do Winnipeg, que também promove a cultura dos Açores na diáspora desde a sua fundação, em setembro de 1992, explica a mesma nota, indicando que durante uma semana foram realizadas atividades no âmbito da divulgação dos Açores na província de Manitoba com grupos e artistas do Canadá e do arquipélago açoriano.

As Casas dos Açores, à semelhança de outras organizações comunitárias, procuram transmitir a matriz cultural que carateriza o povo açoriano, transmitindo-a de geração em geração e contribuindo para o desenvolvimento das províncias e territórios onde se estabeleceram, como é o caso de Ontário ou de Manitoba.

O Canadá é um dos países onde existe uma forte presença de emigrantes açorianos.

Sublinhando que para o Canadá rumaram milhares de açorianos depois dos pioneiros (designação para os primeiros emigrantes portugueses naquele país) de 1953, o executivo regional lembra que este ano estão a ser comemorados os 65 anos de emigração açoriana para este país da América do Norte.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.