Nova Iorque

Carta com pó branco faz evacuar agência de notícias Reuters


 

Lusa / AO online   Internacional   27 de Out de 2008, 21:07

Os escritórios da agência de notícias Reuters, em Nova Iorque, Estados Unidos, foram evacuados, após a recepção de um envelope com um "pó suspeito" no interior.
"A polícia ordenou que os funcionários abandonassem as instalações, depois de o chefe de redacção, Brian Rhoads, abrir o envelope", disse Jolie Hunt, porta-voz da agência.

    As autoridades levaram o envelope e pediram aos 140 trabalhadores da agência que deixassem o local, situado em Times Square, no centro de Manhattan.

    A actividade jornalística da agência voltou à normalidade ao fim de três horas, depois das análises ao envelope revelarem que a substância era " inofensiva para os seres humanos".

    Depois da sede da agência, em Londres, Inglaterra, o edifício da Reuters em Nova Iorque é o maior da firma.

    Nas últimas semanas, vários envelopes contendo pó, sempre considerado inofensivo após análise, foram enviados a várias instituições, nomeadamente o New York Times.

    A polícia ainda não conseguiu estabelecer uma ligação.

    Em 2001, algumas cartas com pó levaram à morte de cinco pessoas nos Estados Unidos da América.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.