OE2011

Carlos César defende cumprimento da Lei das Finanças Regionais

Carlos César defende cumprimento da Lei das Finanças Regionais

 

Lusa/AO online   Regional   6 de Out de 2010, 18:33

O presidente do Governo Regional dos Açores, Carlos César, defendeu esta quarta-feira a importância do cumprimento da Lei das Finanças Regionais, revelando que vai questionar esta semana José Sócrates sobre as intenções do Governo da República nesta matéria.
“O meu entendimento é que a Lei das Finanças Regionais deve ser cumprida”, afirmou, acrescentando que “se não for cumprida, quer dizer que o Governo da República determinará um montante de redução que não é o que decorre da lei”.

Carlos César recordou que a actual legislação “contém disposições que, na prática, implicam uma diminuição das transferências em 2011 na ordem dos 6,1 milhões de euros”.

O presidente do executivo açoriano frisou que vai “esclarecer” esta questão numa reunião que terá “ainda esta semana” com o primeiro-ministro, José Sócrates.

“As transferências para a região ao abrigo da Lei das Finanças Regionais constituem cerca de 0,5 por cento da despesa global corrente do Estado e, portanto, não será certamente nesta componente que existirá algum ganho do ponto de vista da diminuição da despesa pública”, afirmou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.