Açoriano Oriental
Câmara de Ponta Delgada apela ao contacto não presencial dos munícipes

A Câmara de Ponta Delgada apelou esta sexta-feira aos munícipes para que, até ao próximo dia 31, privilegiem os contactos não presenciais com os serviços municipais e recorram às vias online, no âmbito da prevenção da propagação do Covid-19.

article.title

Foto: CMPD
Autor: Lusa/AO online

"A Câmara Municipal de Ponta Delgada apela a todos os munícipes para que, até ao próximo dia 31 de março, privilegiem os contactos não presenciais com os serviços municipais, diminuindo, assim, os aglomerados populacionais e promovendo o distanciamento social recomendado", lê-se num comunicado enviado às redações pela maior autarquia dos Açores.

A Câmara de Ponta Delgada, em São Miguel, lembra que já tinha suspendido, "até 31 de março, todos os eventos que congreguem concentração de pessoas e impliquem o uso de equipamentos ou edifícios municipais e encerrou ao público os equipamentos culturais municipais, nomeadamente o Centro Municipal de Cultura, Torre Sineira, Museu Hebraico-Sinagoga, Biblioteca Municipal, Centro Natália Correia, Centro Cultural de Santo António, Centro Cultural de Fenais da Luz e Casa Museu José Franco".

Agora a autarquia recomenda aos munícipes que recorram aos serviços municipais via online (www.cm-pontadelgada.pt/p/so), telefone (296304400) ou e-mail (geral@mpdelgada.pt).

"As medidas, em articulação com o Estado de Alerta, decretado pelo Governo Regional dos Açores, vigorarão até 31 de março", acrescenta o mesmo documento do gabinete de comunicação da autarquia.

O Governo dos Açores anunciou na quinta-feira que serão encerradas as escolas da região a partir de segunda-feira e diversos equipamentos públicos e privados serão também interditados, em consequência da evolução da pandemia de Covid-19.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.