Açoriano Oriental
Ambiente
Câmara da Provoação assegura que serão abatidos 15 plátanos
O presidente da Câmara da Povoação, Carlos Ávila (PS), desmentiu que as obras de pavimentação da ‘Estrada dos Arrastadores’ impliquem o abate de 150 plátanos, como denunciou o PSD/Açores, assegurando que apenas vão ser cortadas 15 árvores.
article.title

Foto: LUSA/Eduardo Costa
Autor: Lusa/AO online
"Chegou-se à conclusão que se poderia pavimentar a actual estrada com um corte mínimo de árvores. Esta solução não cortará mais de 15 árvores”, afirmou o autarca socialista numa conferência de imprensa.

Para Carlos Ávila, entre os 602 plátanos existentes ao longo da estrada, cortar 15, que “são absolutamente necessários, representa ter preocupações ambientais e paisagísticas”.

O presidente da Câmara da Povoação frisou ainda que o projecto desta obra está pronto desde Agosto, assegurando que “tem existido um debate sobre todas as soluções”.

“A pavimentação de uma estrada sempre foi motivo de regozijo e nunca de guerras com interesses inconfessáveis, de ambição pessoal, lutas partidárias, com inconfessável desinteresse pela qualidade de vida das populações”, salientou Carlos Ávila.

O autarca admitiu que os 602 plátanos existentes ao longo da estrada, que “cresceram de forma natural”, lhe conferem “uma beleza de grande relevo”.
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.