Açoriano Oriental
CAF apresenta XXXI Rali Ilha Azul limitado pela pandemia

O Clube Automóvel do Faial (CAF) vai apresentar esta terça-feira, dia 6 de outubro, a edição número 31 do Rali Ilha Azul.

CAF apresenta XXXI Rali Ilha Azul limitado pela pandemia

Autor: Nuno Martins Neves

A prova (que será disputada de forma isolada, visto já não pontuar para o Campeonato dos Açores de Ralis, cancelado por não cumprir com o número mínimo de três provas para homologação) será disputada apenas no dia 17 de outubro, de forma a cumprir com as medidas exigidas pela Autoridade de Saúde Regional.

De acordo com o comunicado de imprensa, o CAF decidiu manter a prova mesmo depois da maioria dos clubes organizadores de ralis ter cancelado as suas corridas para 2020, como forma de “manter o compromisso já assumido com os pilotos e com outras entidades públicas e privadas”.

No entanto, será um “Ilha Azul” marcado pelas restrições impostas pela pandemia de covid-19, no que se refere ao distanciamento social.

“Para evitar a aglomeração de pessoas, não irá realizar-se a tradicional superespecial da Praia do Almoxarife, que marcava o arranque da prova, que será reduzida, por isso, a apenas um dia (sábado, 17 de outubro)”, lê-se no comunicado.

Os participantes terão de cumprir três passagens pelos troços Varadouro / Vulcão dos Capelinhos e Caminho do Goulart / Cabeço Verde, com paragem no parque de assistência, após as duas primeiras passagens.

“Por imposição da Autoridade de Saúde, não haverá a habitual apresentação das equipas, para evitar a concentração de público, ao passo que a presença de pessoas no pódio final, para a entrega de prémios, será também condicionada”, refere o CAF.

Com as inscrições ainda aberta, o presidente Luís Costa acredita poder chegar aos 15, 16 inscritos, estarão pilotos das ilhas de São Miguel, da Terceira, do Pico e do Faial.

Certo é as ausências dos R5 do bicampeão açoriano Luís Rego Jr, do Team Além Mar, e do algarvio Diogo Gago, da Play/AutoAçoreana Racing.

“Num ano atípico para todos as modalidades desportivas, devido à covid-19, esta foi a forma encontrada pelo CAF para não defraudar as expectativas dos pilotos e também dos amantes do desporto automóvel, que já ansiavam pelo regresso dos ralis”, finaliza a nota do CAF.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.