Açoriano Oriental
Football Leaks
Bruno de Carvalho desiste de queixa-crime contra Rui Pinto

O ex-presidente do Sporting Bruno de Carvalho anunciou ter que vai desistir da queixa que apresentou contra Rui Pinto, principal arguido do processo ‘Football Leaks’, a título pessoal, por violação de correspondência.

Bruno de Carvalho desiste de queixa-crime contra Rui Pinto

Autor: Lusa/AO Online

“Vou desistir, desisto”, afirmou Bruno de Carvalho durante, a 13.ª sessão do julgamento do processo ‘Football Leaks’, onde está a ser ouvido como testemunha de defesa do criador da plataforma eletrónica através da qual foram divulgados milhares de documentos confidenciais do mundo do futebol e alegados esquemas de evasão fiscal cometidos em diversos países.

Bruno de Carvalho, que começou a ser ouvido hoje, considerou que “o ‘Football Leaks’ foi muito positivo para alertar as pessoas”, acrescentando: “Espero, dentro de alguns anos, dizer que foi altamente moralizador”.

Rui Pinto, de 31 anos, responde por um total de 90 crimes: 68 de acesso indevido, 14 de violação de correspondência, seis de acesso ilegítimo, visando entidades como o Sporting, a Doyen, a sociedade de advogados PLMJ, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Procuradoria-Geral da República (PGR), e ainda por sabotagem informática à SAD do Sporting e por extorsão, na forma tentada.

Este último crime diz respeito à Doyen e foi o que levou também à pronúncia do advogado Aníbal Pinto.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.