Aviação

British Airways propôs aliança à Alitalia


 

Lusa/AO online   Economia   8 de Nov de 2008, 10:30

A companhia aérea British Airways propôs uma aliança comercial à Alitalia, afirmou o seu presidente director-geral (PDG), Willie Walsh, numa entrevista publicada hoje pelo diário Financial Times.
  “Penso que apresentámos uma proposta muito sólida e potencialmente interessante para a nova companhia”, que deve integrar a Alitalia, indicou.

    Walsh explicou que a British Airways não está interessada em investir em acções da Alitalia mas que a CAI lhe indicou que isso não constitui um impedimento para uma aliança comercial entre as duas companhias.

    A Companhia Aérea Italiana (CAI) apresentou quinta-feira uma proposta de 375 milhões de euros para adquirir os activos da companhia italiana, à beira da falência.

    A CAI vai comprar ainda 625 milhões de euros de dívidas, ligadas essencialmente aos empréstimos subscritos para financiar a aquisição de aviões, o que conduz a um total de mil milhões de euros.

    Uma primeira fracção de 100 milhões de euros será paga na altura em que a operação for concluída, a 30 de Novembro, por estes activos que englobam 64 aviões detidos pela companhia e os contratos de arrendamento de outros 29.

    Sexta-feira, as acções da British Airways na Bolsa de Londres terminaram a ganhar 11,88 por cento, com o valor unitário de 146 pence.

    A companhia aérea apresentou resultados semestrais marcados por uma perda clara, mas acompanhados de um aumento da previsão de crescimento anual, “de pelo menos quatro por cento” em vez de uma previsão inicial de três por cento, o que tranquilizou os investidores.

   

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.