Bel Portugal garante que não vai aumentar o preço de compra ao produtor nos Açores

Bel Portugal garante que não vai aumentar o preço de compra ao produtor nos Açores

 

Lusa/AO Online   Regional   31 de Ago de 2011, 07:39

A Bel Portugal, que possui duas unidades industriais de lacticínios nos Açores, anunciou hoje que não vai subir o preço de compra do leite aos produtores açorianos em setembro, tendo decidido manter os valores inalterados.

A empresa recorda que, face ao aumento dos custos na produção de leite em S. Miguel, decidiu não baixar o preço do leite na campanha de verão (de março a agosto), como é habitual todos os anos, acrescentando que também decidiu não os subir em setembro, na segunda alteração sazonal habitual no arquipélago.

A decisão da Bel Portugal foi conhecida no mesmo dia em que o presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, apelou às indústrias de lacticínios para que aumentem o preço do leite que pagam ao produtor, frisando que essa seria “uma forma de partilhar” a resolução da difícil situação do setor devido à seca.

Os dados divulgados pela Bel Portugal indicam que, em média, o leite adquirido este ano sofreu um aumento de 16 por cento nos Açores e de 3 por cento no continente, frisando que “esta situação reduziu a competitividade do leite açoriano e dos seus derivados no mercado nacional”.

Para a empresa, trata-se de uma “situação muito preocupante para todo o setor leiteiro”.

“Este ano está a ser especialmente difícil, tornando ainda mais evidente que são fundamentais medidas estruturais que tornem o leite açoriano mais competitivo, de modo a assegurar a sustentabilidade deste sector nos Açores”, acrescenta uma nota hoje divulgada pela Bel Portugal.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.