Açoriano Oriental
Covid-19
Atlânticoline restringe ligações marítimas nos Açores

A empresa de transportes marítimos açoriana Atlânticoline vai restringir o número de viagens e implementar medidas de prevenção, depois de o Governo açoriano ter decretado o estado de contingência devido ao surto de coronavírus.

article.title

Foto: Marco Pimentel/AO
Autor: AO Online/ Lusa

Em comunicado enviado hoje, a empresa informa que, a partir de sábado, serão mantidas apenas as viagens “consideradas essenciais para garantir a satisfação das necessidades de mobilidade, por motivos sociais e económicos, da população”.

Assim, a linha azul irá operar apenas as ligações no sentido Horta – Madalena às 07:30 e às 17:15, e, em sentido contrário, às 08:15 e 18:00.

Para a linha verde, que liga as ilhas do Faial, Pico e São Jorge, será operada “uma viagem diária todos os dias, no período da manhã, com partida da Horta às 09:00, e mantendo o itinerário previsto para o dia, à exceção do sábado, em que o itinerário passa a ser Horta-Madalena-Velas-Madalena-Horta”, informa a transportadora.

A ligação entre as ilhas das Flores e do Corvo, assegurada pela linha rosa, não sofrerá, “para já”, alterações.

As viagens extraordinárias, “nomeadamente para evacuação de doentes”, vão continuar a ser asseguradas pela Atlânticoline.

Como medidas preventivas, os horários de atividade das bilheteiras e serviços de carga vão ser alterados, a loja de vendas da Horta será encerrada e a de Ponta Delgada funcionará apenas entre as 13:30 e as 15:30.

“Os serviços administrativos estarão encerrados ao público na Horta e em Ponta Delgada”, prossegue o comunicado.

Todos os navios “serão alvo de desinfeções com a periodicidade exigida pela situação” e “foram feitos ajustamentos às tripulações de forma a evitar qualquer foco de contaminação indireta”, adianta a empresa, acrescentando que a tripulação responsável por trazer o navio “Gilberto Mariano” do estaleiro até à região “ficará em isolamento social até próximo dia 24 de março”.

Sem que haja ainda registo de casos de Covid-19 na região, os Açores estão em estado de contingência até 31 de março, com possibilidade de prorrogação.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.300 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde (OMS) a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 140 mil pessoas, com casos registados em mais de 120 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 112 casos confirmados, dos quais 107 estão internados.

A região Norte continua a ter o maior número de casos confirmados (53), seguida da Grande Lisboa, cujo registo duplicou para 46, enquanto as regiões Centro e do Algarve têm cada uma seis casos confirmados. Além destas há um caso assinalado pela DGS no estrangeiro.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.