Sri Lanka

Atentado suicida atribuído a separatistas tamil faz 22 mortes


 

Lusa/AOonline   Internacional   6 de Out de 2008, 11:14

Pelo menos 22 pessoas terão morrido num atentado suicida alegadamente perpetrado por rebeldes separatistas tamil no Norte do Sri Lanka, anunciou o Ministério da Defesa.
"Os Tigres de Libertação do Eelam Tamil cometeram um atentado suicida. Há numerosas vítimas, pelo menos 22 pessoas morreram", declarou o porta-voz ministerial, o general Udaya Nanayakkara.

    A explosão ocorreu na cidade setentrional de Anuradhapura junto à sede de do Partido Nacional Unificado (PNU), opositor do Presidente cingalês Mahinda Rajapakse, indicou um habitante.

    Entre as vítimas, o Mistério da Defesa deplorou a morte do chefe local do PNU, o general na reserva Janaka Perera e a sua mulher.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.